Válvula Borboleta: para que serve?

Você conhece a válvula borboleta? Além de controlar o fluxo de uma tubulação, essa válvula possui outras importantes especificações. Por conta de sua alta eficiência, é recomendada, inclusive para servir de tampão em sistemas que transportam fluidos perigosos, por exemplo.

A válvula borboleta pode ser o que você precisa instalar nas tubulações de seu empreendimento.  

Então, vamos conhecer melhor a válvula borboleta, como ela funciona e suas aplicações? Continue lendo o conteúdo até o final para não perder nada, ok? Vamos lá!

O que é a válvula borboleta?

A válvula borboleta é a responsável por realizar a regulação ou bloquear a passagem dos fluidos dentro de uma tubulação. Pode ser utilizada em diversos setores mas, principalmente, pode ser encontrada em indústrias e demais áreas que precisem deste tipo de equipamento para controle de fluxo.

Ela é dividida em partes que, juntas, formam esta válvula tão eficiente. São elas: pescoço da válvula, haste, vedação da haste, assento de vedação, corpo e disco.

Em conjunto, elas fazem com que a peça funcione perfeitamente e possa cumprir o objetivo – que é realizar uma boa vedação e evitar que o fluido passe para o outro lado da tubulação, caso esteja completamente fechada.

Agora, que tal entendermos um pouco como funciona a válvula borboleta? Confira.

Funcionamento

Quando é girado o disco na perpendicular, realizando o bloqueio total da passagem dos fluidos que estavam circulando, ela será selada. Ou seja, a válvula se encontrará fechada.

O impedimento da passagem dos fluidos acontece quando o disco realiza a pressão na sede da válvula. Isso faz com que ela seja comprimida e, consequentemente, impede que qualquer tipo de vazamento ou passagem de fluido se torne possível.

Por conta desta execução, diversas áreas utilizam esta válvula. Quer saber quais são elas e suas formas de utilização? Então continue lendo!

Utilizações da válvula borboleta

A válvula borboleta é muito utilizada em diversas áreas. Dentre elas, temos:

  • Tratamento de efluentes;
  • Tubulações para combate a incêndios;
  • Suprimento de gás;
  • Indústrias de Petróleo e produtos químicos;
  • Sistemas de manuseio de combustível;
  • Geração de energia e muito mais.

São tantas áreas que precisam deste tipo de serviço que seria impossível ter apenas um modelo dessa válvula, não é mesmo? Por isso, existem quatro tipos de válvulas borboleta disponíveis no mercado. Vamos conhecer cada uma delas a seguir!

Conclusão

Você já conhecia as principais funcionalidades da válvula borboleta? Este produto oferece segurança, estanqueidade e controle de fluxo em tubulações para diversas aplicações. 

Novos conteúdos para você

Saiba o que fazer para prender um homem!

Muitas mulheres buscam respostas para o que fazer para prender um homem, pois estão cansadas de sofrer pelo seu parceiro …

Plágio acadêmico: o que é? Quais são as consequências e como evitá-lo?

O que é plágio acadêmico?  Escrever um artigo científico é motivo de grande orgulho para o pesquisador que o fez, …

Como agradar a namorada? 10 dicas infalíveis

Existem muitas dúvidas de como agradar a namorada, e vários mitos estão envoltos nisso- tal como presenteá-la com presentes caros, …

É seguro instalar o YoWhatsApp?

É seguro instalar o YoWhatsApp? Estamos seguros com as informações que compartilhamos nas mídias sociais? É uma questão que circula …

Óleos essenciais para picadas de abelha

As picadas de abelha podem ser desagradáveis. As reações seguidas por picadas podem diferir de pessoa para pessoa. Dor, inchaço, …

Conheça 03 dietas caseiras para emagrecer

Desde os primórdios da humanidade as dietas caseiras para emagrecer estiveram no seio da terra, e com isso, várias e …